É a movimentação que marca esse “deadline day” na janela de inverno europeia. Pierre-Emerick Aubameyang foi esta manhã apresentado como reforço do Arsenal.

Foto: "Arsenal FC"

Foto: “Arsenal FC”

A novela chegou ao fim e o namoro deu mesmo em casamento. O Arsenal chegou a acordo com o Borussia Dortmund para a transferência do atacante Pierre-Emerick Aubameyang, após semanas de especulação e um processo cheio de avanços e recuos.

Assim que soube do interesse do Arsenal em avançar para a sua contratação, Aubameyang terá notificado a diretoria do Borussia Dortmund quanto à sua vontade de deixar o clube e abraçar um novo projeto. Nas últimas semanas, o jogador chegou a falhar uma reunião geral do clube, situação que levou à abertura de um processo disciplinar. Antes de abandonar o time alemão, Auba ainda reintegrou as sessões de treinamento do plantel comandado por Peter Stoger, participando inclusive da partida do último final de semana frente ao Freiburg, no Westfalen, que terminou empatada a dois gols. Foi o último desafio de Auba com a camisa do Borussia Dortmund, encerrando um ciclo que durou quatro temporadas e meia – o BVB tinha assegurado sua contratação ao Saint-Étinne na temporada 2013/14.

No Westfalen, Aubameyang se tornou em um dos atacantes mais bem cotados do futebol europeu, legitimando esse estatuto ao apontar 141 gols em 213 jogos com a camisa dos germânicos. O jogador de 28 anos estava no topo das preferências de Arséne Wenger para reforçar o elenco nessa janela de inverno, sobretudo após a partida de Alexis Sánchez para o rival Manchester United por troca direta com Mkhitaryan, internacional arménio que curiosamente foi colega de time de Aubameyang em Dotmund, se reencontrando agora no Emirates.

No comunicado emitido pelos “Gunners”, não é revelada a duração do contrato nem o valor gasto na contratação do jogador. A imprensa britânica escreve que o acordo deverá ter ficado selado por uma quantia a rondar os 63 milhões de euros, se converto no jogador mais caro da história do Arsenal.

A chegada de Aubameyang ao clube poderá fazer com que outra mudança se concretize nesse último dia da janela de transferências: o atacante Olivier Giroud poderá deixar o clube para rumar a outro clube e é o Chelsea quem surge como principal interessado nos serviços do internacional pela França.

Derrotado pelo Swansea na noite de terça-feira (30) por três a um, o time londrino volta a entrar em campo no próximo domingo para enfrentar o Everton, no Emirates. A partida frente aos “Toffees” poderá muito bem assinalar a estreia de Aubameyang ao serviço do seu novo clube.

No que à utilização em competições europeias diz respeito, a situação de Auba é diferente da de Mkhitaryan. Embora ambos tenham atuado durante a primeira parte da temporada na Liga dos Campeões, o arménio poderá atuar, mas o gabonês não. Segundo as normas da UEFA, o fato de o Borussia Dortmund ter caído para a Liga Europa em uma altura na qual Auba ainda estava sob contrato impede que o jogador atue na competição ao serviço do seu novo emblema.

Boas apostas!