O Furacão, como é chamado o Clube Atlético Paranaense, conquistou uma vaga para a Pré-Libertadores da Copa Libertadores da América de 2017 chegando em sexto lugar no Campeonato Brasileiro de 2016, tirando a vaga de grandes times como São Paulo, Corinthians, Fluminense e outros. Em 2016 o time também foi campeão paranaense de 2016 sobre o grande rival Coritiba.

Arena Atlético Paranaense, casa do Furacão.

Arena Atlético Paranaense, casa do Furacão.

O Atlético Paranaense teve um grande crescimento depois da virada do século, foi campeão brasileiro de 2001, vice-campeão brasileiro em 2004, vice-campeão da Copa Libertadores da América em 2005, perdendo a final para o São Paulo campeão mundial daquele ano. Em 2006, chegou a semifinal da Copa Sul-Americana, em 2013 foi vice-campeão da Copa do Brasil e em 2016 foi vice-campeão da Primeira Liga, agora em 2017 participará de sua quinta Copa Libertadores da América.

O Furacão tem como casa a moderna Arena Atlético Paranaense, estádio padrão FIFA que sediou jogos da Copa do Mundo do Brasil de 2014. O estádio é o único com cobertura retrátil da América Latina e tem um gramado artificial de 4ª geração, muito próxima ao gramado natural. Na Arena Atlético Paranaense, o Furacão tem conseguido grande hegemonia, no Campeonato Brasileiro de 2016, o time foi o melhor mandante da competição, alcançando a marca de 15 vitórias, 3 empates e somente 1 derrota para o campeão Palmeiras por 0x1. Além do estádio próprio, o clube possui um dos melhores e mais modernos CTs (Centro de Treinamento) do Brasil, sendo elogiado por muitos jogadores que já estiveram em outros países, comparando a estrutura com o de grandes times europeus.

O elenco do Furacão conta com muitos jogadores formados na categoria de base, o próprio clube tem essa característica de formar jogadores e vender por grandes valores, um exemplo recente de uma boa venda foi o meia Hernani de 22 anos, que foi formado nas categorias de base do clube e foi negociado com o Zenit da Rússia por R$ 28 milhões. Embora tenha vendido Hernani, o Atlético Paranaense procurou manter o elenco de 2016, renovando com o zagueiro Paulo André (campeão mundial com o Corinthians em 2011) até o fim de 2017 e contratou o zagueiro Thiago Heleno por 4 anos, mantendo assim a zaga titular que foi a melhor do Brasileirão de 2016. Mesmo assim a diretoria do Atlético buscou agregar algumas peças importantes, algumas das novidades são o atacante Grafite de 37 anos, ex-campeão mundial pelo São Paulo e foi vice artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2016 pelo Santa Cruz; o meia-atacante Felipe Gedoz que veio para vestir a camisa 10, o atleta estava no Club Brugge da Bélgica desde 2014; o lateral-direito Jonathan que tem passagens pela Inter de Milão e Parma da Itália, o jovem atacante Luis Henrique de apenas 18 anos de idade que veio da base do Botafogo e tem passagens pelas categorias de base da seleção brasileira e por último a contratação do meia Carlos Alberto (campeão da Liga dos Campeões pelo Porto em 2004). O grande ídolo da torcida é o goleiro Ewerton, que foi campeão olímpico pelo Brasil nas Olimpíadas do Rio 2016. O Atlético Paranaense deverá jogar o campeonato estadual com um time misto, dando total atenção a Copa Libertadores da América.

Primeiras fases e fase de grupos

Grupos sorteados pela CONMEBOL para a Libertadores 2017.

Grupos sorteados pela CONMEBOL para a Libertadores 2017.

Em sorteio realizado no final de dezembro em Assunção, no Paraguai, a Conmebol sorteou os duelos das primeiras fases e os grupos da competição. O Furacão terá que passar por duas fases antes de chegar ao Grupo 4, o Furacão vai enfrentar o Milionários da Colômbia como adversário na fase 2, o primeiro jogo será no dia 01/02 na Arena Atlético Paranaense em Curitiba às 21:45h e o jogo de volta no Estádio El Campín, no dia 08/02 às 21:45h em Bogotá. Se passar pelos colombianos, o Atlético Paranaense enfrentará ou o Universitario do Peru, ou o Táchira da Venezuela ou o Deportivo Capiatá do Paraguai para então chegar ao Grupo 4 que já tem o Flamengo, o Universidad Católica do Chile e o San Lorenzo da Argentina, o chamado grupo da morte desta edição.

O Furacão fará sua quinta Libertadores, na estreia, em 2000, o time caiu diante do Atlético-MG nas oitavas de final, já em 2002, sua pior campanha foi eliminado já na fase de grupos com apenas uma vitória. Em 2005, por outro lado, sua melhor participação: o vice-campeonato, derrotado pelo São Paulo. Em 2014, o Rubro-Negro caiu na fase de grupos, com três vitórias e três derrotas. Ao todo, o Furacão soma 18 vitórias, seis empates e 12 derrotas, com 55 gols marcados e 52 sofridos. Se o Atlético Paranaense chegar na fase de grupos da Libertadores 2017, as datas dos seus confrontos serão:

7/3 – Atlético Paranaense x U. Católica
15/3 – San Lorenzo x Atlético Paranaense
12/4 – 21h45 – Flamengo x Atlético Paranaense
26/4 – 21h45 – Atlético Paranaense x Flamengo
3/5 – Atlético Paranaense x San Lorenzo
17/5 – U. Católica x Atlético Paranaense

O primeiro adversário, Milionarios

Escudo do time colombiano Milionarios.

Escudo do time colombiano Milionarios.

O Milionarios Futbol Club foi fundado em 1937 e fará sua 16ª participação na Copa Libertadores da América e alcançou no máximo a fase semifinal, isto ocorreu em quatro ocasiões 1960, 1973, 1974 e 1989. Sua última participação foi em 2013, com somente uma vitória e foi eliminado sendo o lanterna da fase de grupos. O time conta com a vantagem de ter sua casa a 2.640 metros do nível do mar, isto faz com que seus adversários tenham muita dificuldades nos jogos na Colômbia. Seu aproveitamento na competição é de 63%, com 26 vitórias, 12 empates e 9 derrotas em 47 partidas.

O time colombiano anunciou vários reforços, entre eles estão os laterais Felipe Banguero, ex-Deportivo Cali, Juan Guillermo Domínguez, ex- Junior Barranquilla e Jair Palacios, ex-Bucaramanga. Anunciou também o volante Jhon Duque, ex- Fortaleza-COL, os atacantes Elíser Quiñones, ex-Alianza Petrolera e Cristian Arango, ex-Valencia Mestalla, além das renovações  do goleiro Ramiro Sánchez, o zagueiro Andrés Cadavid e os meias Henry Rojas e Oscar Barreto. Porém, o time sofreu um grande golpe, perdeu o técnico Diego Cocca que migrou para o Racing da Argentina.

Boas Apostas!