As saídas de Leandro Donizete (Santos) e Júnior Urso (Guangzhou R&F) deixaram duas vagas no meio-campo do Atlético Mineiro. O quarto colocado do Brasileirão 2016 tem ambição na Libertadores 2017 e a diretoria do clube já trabalha para garantir um volante de qualidade para o novo ano. Eduardo Maluf, diretor de futebol, já está a realizar contatos nesse sentido e tem dois nomes em cima da mesa segundo a imprensa brasileira: Elias e Fernando Gago.

Foto: "Miguel Nunes/ASF"

Foto: “Miguel Nunes/ASF”

O Atlético Mineiro acompanha com atenção a situação de Elias, volante que cumpre nova etapa no Sporting Clube de Portugal, clube que representou pela primeira vez na temporada 2011/12 depois de ter chegado na Europa para representar o Atlético de Madrid em 2010/11. A carreira de Elias se tem feito “cá e lá” e a primeira passagem pelo clube de Lisboa foi intercalada por um período no Flamengo no início de 2013. Regressado a Alvalade, Elias recebeu nova direção e se alistou n no Corinthians, clube que representou até agosto de 2016, quando o Sporting voltou a solicitar seus serviços. A seu favor, o Atlético Mineiro tem o facto de Elias nunca ter sido um indiscutível para o técnico Jorge Jesus nesta primeira metade da temporada bem como a participação do empresário Giuliano Bertolucci na negociação. Pouco utilizado no campeonato português e na Liga dos Campeões da Europa, foi utilizado sobretudo nas Copas (de Portugal e da Liga), mesmo sem impressionar. Essa situação coloca o brasileiro na lista de transferíveis e a diretoria do Sporting provavelmente não rejeitará uma boa proposta. É aí que começa o problema para o Atlético Mineiro. O volante de 31 anos e o clube de Alvalade aguardam uma proposta milionária da China e, a acontecer, o “Galo” não vai ter como competir com esses números. A expetativa da diretoria do Atlético é a de conseguir o atleta por um valor a rondar os dez milhões de reais por 50 por cento dos direitos desportivos do jogador. A diretoria do Sporting quer reduzir o plantel e se não surgir proposta asiática, o Atlético Mineiro parte na frente para garantir o concurso do atleta, até porque a participação na Libertadores 2017 tem peso para o jogador.

Foto: "Prensa Boca Juniors"

Foto: “Prensa Boca Juniors”

O presidente Daniel Nepomuceno viajou para Buenos Aires no final da última semana e a especulação cresceu. Segundo a imprensa argentina, o homem forte do Atlético Mineiro voou até à capital argentina para negociar o passe de Fernando Gago. Campeão no “seu” Boca Juniors em 2015, o médio com passagem pelo Real Madrid tem sido muito afetado por lesões e está em final de contrato com os “Xeneize”. Visto que o vínculo termina em junho, Fernando Gago está liberado para assinar um pré-acordo com um outro clube. A negociação da renovação está difícil e a imprensa fala que Daniel Nepomuceno aproveitou o “timing” para tentar chegar a um primeiro entendimento com o jogador. No Boca Juniors, a renovação de Fernando Gago está presa por duas questões: O médio pede que o clube dobre seu salário e a extensão do contrato pedida (três anos) também não agrada ao volante. Além de ter representado Real Madrid, Roma e Valência na Europa, Fernando Gajo só esteve ao serviço de Boca Juniors e Vélez Sarsfield na América do Sul. Na Europa se fala que o AC Milan poderá estar interessado no jogador, até porque a equipa de Vincenzo Montella tem sofrido muitas baixas no meio-campo. Lucas Leiva, do Liverpool, é uma hipótese bem mais remota e difícil para o “Galo”.

Boas Apostas!