O atacante argentino de 22 anos Jonathan Calleri, jogará a próxima temporada na Premier League (1ª Divisão do Campeonato Inglês), no clube West Ham United, de Londres, Inglaterra. O Clube West Ham terminou o Campeonato Inglês da última temporada na sétima colocação, nunca foi campeão do Campeonato Inglês da primeira divisão e recém subiu para a divisão principal na temporada 2012/13.

Escudo do West Ham United.

Escudo do West Ham United.

O atacante que vinha atuando pelo São Paulo F.C., pertence ao clube uruguaio Deportivo Maldonado, clube gerido por um grupo investidor, qual tem um de seus representantes, o empresário Juan Figer. O Deportivo Maldonado entrou em acordo com o West Ham e emprestou o atleta por um ano.

O próprio jogador já havia revelado que iria para o West Ham e nesta quinta-feira (11) o próprio clube confirmou a contratação do atacante. Com a desclassificação da Argentina dos jogos olímpicos do Rio 2016 na última quarta-feira (10), o jogador deve ir para a Inglaterra para realizar exames e assinar o contrato. “Chegamos a um acordo para assinar com Calleri. Infelizmente para ele, mas bom para nós, a Argentina foi eliminada das Olimpíadas essa semana, então ele deve estar com a gente muito em breve, dependendo apenas da licença de trabalho”, comentou o técnico do West Ham, Slaven Bilic.

Calleri será o sexto argentino a defender o West Ham. Já passaram pelo clube londrino nomes como Mascherano, Tevez, Mauro Zarate, Lionel Scaloni e o atual jogador da equipe e o meia Manuel Lanzini. Com certeza, os representantes de Jonathan Calleri escolheram o West Ham, por se tratar de um time que pode expor bastante seu atleta no futebol europeu, em uma das principais ligas do mundo, a Premier League.

O atacante Calleri

Calleri comemorando um de seus quatro gols contra o Trijullanos na Libertadores.

Calleri comemorando um de seus quatro gols contra o Trijullanos na Libertadores.

O atacante Jonathan Calleri de 22 anos é nascido em Buenos Aires e foi revelado pelo All Boys, que atualmente disputa a segunda divisão do futebol argentino. Pelo All Boys, marcou seis gols em trinta jogos disputados. Em 2014 foi contratado pelo Boca Juniors, foi muito bem em sua primeira temporada com o Boca, marcando dez gols em vinte e quatro partidas e ainda conquistou a Copa da Argentina. No ano de 2015, o jovem atacante se destacaria ainda mais, foi campeão do Campeonato Argentino com dez gols em vinte e seis jogos. Em 2015 ainda disputou quatro jogos pela Libertadores, marcando três gols.

O atleta chamou a atenção do empresário Juan Figer do clube uruguaio Deportivo Maldonado, o qual comprou seu passe em 2016, que já iniciou o empréstimo do jogador a grandes times, o primeiro foi o São Paulo que participou da Libertadores 2016, uma boa vitrine para o jogador. Pelo São Paulo F.C., Calleri disputaria o Campeonato Paulista, onde o São Paulo foi eliminado nas quartas de final para o Grêmio Osasco Audax por 4×1. Pelo Campeonato Paulista, o jogador participou de quatorze jogos e fez quatro gols. Calleri também participou pelo Campeonato Brasileiro onde fez três gols em quatro partidas. Pela Copa Libertadores da América, Calleri teve grande destaque na vitória do São Paulo contra o Trujillanos por 6×0, onde Calleri fez 4 gols. O São Paulo conseguiu chegar a semifinal da Libertadores, porém acabou sendo derrotado pelo campeão do torneio, o Club Atlético Nacional da Colômbia, por 0x2 na primeira partida em casa e por 2×1 na Colômbia, com gol de Calleri. Mesmo com o São Paulo desclassificado na semifinal, Calleri acabou como o artilheiro da Libertadores de 2016 com nove gols marcados.

Atuação nos jogos olímpicos do Rio 2016

Calleri comemorando gol contra a Argélia, vitória da Argentina por 2x1.

Calleri comemorando gol contra a Argélia, vitória da Argentina por 2×1.

Jonathan Calleri estava muito confiante de que seu nome estaria na relação dos convocados para disputar os jogos olímpicos do Rio 2016 representando seu país, a Argentina. Porém o técnico da seleção olímpica da Argentina, Julio Olarticoechea, acabou não relacionando seu nome, frustrando muito Calleri. Porém o destino quis que Calleri fosse para os jogos olímpicos, pois o atleta Luciano Vietto, do Atlético de Madrid, acabou não podendo participar dos jogos por seu clube, o Atlético de Madrid, não ter liberado o jogador, sendo assim, Jonathan Calleri foi chamado. “Calleri é o substituto de Vietto, ele me disse que morre para jogar nesta seleção. Eu liguei para perguntar a ele se estava com raiva. Ele me disse que não e me pareceu muito boa a sua atitude de dar a vida pela seleção” comentou o técnico Julio Olarticoechea.

A seleção da Argentina ficou no Grupo D, com Portugal, Argélia e Honduras. A seleção argentina perdeu seu primeiro jogo por 2×0 para Portugal, venceu o segundo jogo por 2×1 contra a Argélia, partida qual Calleri fez o gol aos 25’ do segundo tempo, gol que deu a vitória a Argentina. Porém a seleção da Argentina chegou ao terceiro jogo da primeira fase precisando vencer a seleção de Honduras, pois Honduras tinha o mesmo número de pontos que a Argentina, porém com um gol a mais no saldo de gols, pontuação que dava direito a seleção de Honduras empatar para se classificar. O jogo acabou empatado em 1×1 e a seleção da Argentina acabou desclassificada na primeira fase surpreendendo a todos.

Boas Apostas!