As apostas em jogos amistosos de seleções devem ser acompanhadas de muita análise e atenção, normalmente o apostador tem bom conhecimento apenas sobre a seleção de seu país, mas quando chegam às chamadas “Datas FIFA” muitos se empolgam com as grandes seleções e acabam por fazer apostas sem um bom conhecimento da partida em questão. Este tutorial tem o objetivo de mostrar os principais erros cometidos nestes amistosos e assim minimizar a quantidade de apostas perdidas neste mercado.

Desprezar seleções mais fracas

Nos amistosos é comum se ver grandes seleções enfrentando adversários teoricamente fracos, muitas vezes vemos de um lado seleções gigantes no futebol com uma imensa história no esporte como Brasil, Alemanha, Itália enfrentando adversários que poucas vezes participaram de Copas do Mundo ou nunca tiveram um jogador com verdadeiro destaque internacional, consequentemente as odds das grandes seleções ficam muito baixas pelo grande favoritismo que carregam, são nestes momentos que muitos apostadores escolhem o Handicap Europeu -2 ou até -3 devido a tamanha confiança nas seleções favoritas, porém mostraremos aqui resultados recentes de gigantes do futebol contra seleções historicamente muito inferiores em que o jogo teve um placar que surpreendeu a muitos.

  • Itália 0X1 Estados Unidos – 29/02/12
  • Itália 0X3 Rússia – 01/06/12
  • Holanda 1X2 Bulgária – 26/05/12
  • Áustria 3X3 Alemanha – 02/09/12
  • Brasil 0X2 México – 03/06/12

Estes resultados inesperados também acontecem por alguns fatores os quais abordaremos nos tópicos a seguir:

Jogo em campo neutro

Quando se entramos nos sites das casas de apostas e vamos à seção de amistosos, muitos pensam que todas as seleções que aparecem por primeiro jogarão em suas casas, em seu país, assim como ocorre nos campeonatos nacionais, porém nos amistosos é comum muitas seleções jogarem em campo neutro, no caso do jogo Brasil 0X2 México o jogo foi no Cowboys Stadium um campo de futebol americano em Dallas nos Estados Unidos, o qual é claro foi adaptado para receber um jogo de futebol que não era o americano, porém o jogo era em campo neutro mas com toda certeza muitos apostaram no Brasil sem ao menos saber disto. Portanto fica aqui a nossa recomendação de sempre verificar onde será o jogo, o Brasil, por exemplo, joga muitas vezes em campo neutro por questões financeiras que fazem com que a seleção Brasileira se apresente em vários países, levando seus craques para o mundo os ver jogar e isso traz lucro para a seleção.

Conferir a escalação

Um erro básico e quase inacreditável, mas muito comum onde muitos apostadores investem seu dinheiro em seleções antes mesmo de saber a escalação, porém temos que concordar que se inicialmente iríamos apostar na Argentina, teríamos que repensar esta aposta se o craque Messi não for jogar, da mesma forma Portugal sem Cristiano Ronaldo ou então mesmo não sendo uma grande seleção mas a Suécia sem Ibrahimovic. Portanto devemos sempre nos atentar as escalações já que os técnicos muitas vezes usam os amistosos para testarem outros jogadores que normalmente não atuam nos jogos oficiais, isto muitas vezes faz com que a escalação da equipe fique bem diferente da ideal.

Grande número de substituições

Em jogos amistosos a própria regra é alterada, em jogos oficiais sabemos que é permitido apenas três substituições, porém em jogos amistosos este número aumenta consideravelmente e muitas vezes faz com que o jogo tenha muitos jogadores sendo substituídos e isto gera alguns problemas, além de parar muito o jogo (por exemplo no antepenúltimo amistoso da seleção Brasileira foram feitas seis substituições somente pelo Brasil e mais duas pelo adversário), isto muitas vezes esfria a partida, a maior prova é quando vemos em jogos oficiais os técnicos que estão vencendo o jogo substituírem apenas para ganharem tempo. Outro e principal fator é que o jogador substituto entra fora de ritmo na partida e no caso de seis substituições (como foi o caso da seleção Brasileira), é claro que o jogo terá uma queda de rendimento por falta de entrosamento, jogadores fora do ritmo e também pelo fato dos reservas na imensa maioria das vezes jogarem pior que os titulares, então se tem em campo um time com menos talento, menos aquecido, fora do ritmo de jogo e sem entrosamento, logo isto prejudicará o rendimento que esperamos de tal seleção.

O clima do amistoso

Embora o discurso antes das partidas seja sempre o mais positivo possível sabemos que psicologicamente não se da a mesma importância para uma partida amistosa assim como se dá para uma partida oficial, assim como não é a mesma coisa se jogar as eliminatórias para a copa do mundo e realmente se jogar a copa do mundo. O clima amistoso faz com que a equipe entre mais calma em campo, jogando mais leve e sem muita responsabilidade, ainda mais quando é um caso de uma grande seleção contra uma seleção fraca, com certeza a motivação é muito distante da ideal. Até pela arbitragem podemos perceber que um jogo amistoso é diferenciado, normalmente se tem poucos cartões, menos faltas e um jogo com menos intensidade na marcação. Alguns podem pensar que assim como a grande seleção entra desmotivada, o seu adversário também se desmotivará, porém isto não é verdade, em um jogo como, por exemplo, Itália 0X1 Estados Unidos a motivação esta toda do lado dos Americanos que querem vencer os lendários Italianos, isto será histórico! Para os Italianos vencer os Americanos não representa muita importância já que a Itália conquistou desafios infinitamente maiores.

Mudanças e testes nos amistosos

Os técnicos muitas vezes usam os amistosos para testarem novas táticas ou novos jogadores (o que já foi dito no tópico Conferir a Escalação), muitas vezes se faz uma análise baseada nos jogos oficiais de determinada equipe onde sempre atua defensivamente, porém em amistosos o técnico pode testar um plano de jogo bem diferente do normal com três atacantes, por exemplo, e assim toda a análise feita anteriormente fica sem nenhum valor.

Conclusão

Devemos entender que os amistosos servem também para fazer experiências, testar novos jogadores, novos esquemas táticos, além disto, existem os fatores do campo neutro, motivação e ainda poucos dados para análise, pois as seleções fazem poucos amistosos por ano e assim nos deixa sem parâmetros para comparações. Porém isto não significa que não devemos apostar em amistosos, mas fica aqui nosso conselho para se ter atenção redobrada quando se diz respeito a este tipo de partida, tenha como critério tudo o que foi analisado aqui e saiba que será um jogo bem diferente de uma partida oficial.

Boas Apostas!