A situação de Vincenzo Montella no comando do técnico do AC Milan está cada vez mais difícil. Após a derrota da última rodada do italiano frente à AS Roma (0-2), no San Siro, a imprensa italiana se apressou a apontar novos nomes ao cargo, entre eles o de Carlo Ancelotti, técnico com um vasto passado ligado ao AC Milan que entretanto já se demarcou de um possível regresso.

Foto: "Reuters"

Foto: “Reuters”

A derrota do Bayern de Munique no Parc des Princes, frente ao PSG (3-0), colocou um ponto final na estadia de Ancelotti na capital francesa. A diretoria do clube alemão anunciou a saída do técnico e as declarações posteriores a saída de “Carletto” são bem reveladoras do “mal estar” que dominava o balneário do colosso da Baviera – o holandês Arjen Robben chegou inclusive a afirmar que o seu filho “tem um treinador melhor que Ancelotti”.

Na sequência desta declarações, Carlo Ancelotti foi confrontado pela imprensa italiana, mas a verdade é que não houve lugar a reação: “É melhor permanecer no silêncio. Não vou falar sobre isso”. Ancelotti é um dos treinadores mais titulados no panorama europeu e é natural que surjam algumas propostas nos próximos tempos, porém, a julgar por aquilo que disse ao “Corrière dello Sport”, permanecerá afastado dos gramados durante um tempo. A pergunta abordava a possibilidade de retornar ao AC Milan, hipótese rejeitada prontamente pelo treinador: “Nos próximos dez meses vou estar a descansar, portanto não vou falar sobre nenhum clube”, afirmou.

O técnico de 58 anos abandonou Munique após duas temporadas à frente do time local, emblema a que chegou para suceder a Pep Guardiola, catalão que deixa sempre uma herança pesada ao seu sucessor em termos de jogo. À imagem do que acontecera nos três projetos anteriores (Chelsea, PSG e Real Madrid) – ainda que com especificidades diferentes -, Ancelotti abandonou o Bayern após duas temporadas. Vale lembrar que para além de ter representado o AC Milan como jogador durante cinco temporadas, entre 1987/88 e 1991/92, Ancelotti treinou o clube de San Siro durante oito épocas, nomeadamente entre 2001/02 e 2008/09, conquistando o scudetto e duas edições da Liga dos Campeões com o clube.

“Derby” decisivo para Vincenzo Montella

Gorada a possibilidade de recorrer aos serviços de Carlo Ancelotti caso Vincenzo Montella caia, a imprensa italiana escreve que é Paulo Sousa o favorito a assumir o posto. O campeonato italiano vai agora sofrer uma paragem de duas semanas para compromissos de seleções. No regresso, o AC Milan enfrentará o Inter em partida relativa à oitava rodada do italiano, teste que deverão ser decisivo para a continuidade (ou não) de Montella no clube.

Boas Apostas!