Concluídos que estão os compromissos de seleções, regressa a ação nos principais campeonatos europeus. No “velho continente”, o fim-de-semana é em grande com a realização de vários duelos interessantes em França, Inglaterra, Alemanha, Itália e Espanha.

Lyon – AS Mónaco

A Ligue 1 regressa com um grande duelo: o Lyon de Bruno Genésio recebe o AS Mónaco, campeão em título. A deslocação ao recente Stade des Lumières propõe um duelo exigente ao time treinado por Leonardo Jardim, mesmo tendo em conta que o Lyon tem estado uns furos abaixo do expectável neste início de temporada. O OL vem de uma série de cinco jogos sem vencer (quatro empates nessa sequência), mas não deixará de ser um adversário à altura da equipa do Principado que também desiludiu nas duas últimas ocasiões em que entrou em campo ao perder com o FC Porto para a Liga dos Campeões (0-3) e empatar em casa na receção ao Montepellier (1-1). A pausa surgiu em boa hora para os dois emblemas que esperam erguer-se no compromisso que abre mais uma rodada da Ligue 1, já esta sexta-feira.

Liverpool – Manchester United

Foto: "Reuters"

Foto: “Reuters”

Um clássico é sempre um clássico e há poucos no mundo do futebol com o impacto de um Liverpool – Manchester United, dois históricos do “velho continente”. Os “Reds” de Klopp tardam em alcançar a melhor forma apesar de grandes triunfos de forma episódica a exemplo do que aconteceu frente ao Arsenal e têm aqui um compromisso exigente frente aquele que é (rivalidade local com o Everton à parte) seu principal rival. O Manchester United de José Mourinho, com aspirações reforçadas no que diz respeito à conquista do título, quer seguir “colado” ao Manchester City na liderança, prologando o ciclo invicto na Premier League 2017/18.

Borussia Dortmund – RB Leipzig

Na Alemanha  é o Borussia Dortmund de Petr Bosz que lidera de forma isolada, apresentando já cinco pontos de vantagem em relação ao campeão Bayern de Munique e ao Hoffenheim. Logo a seguir, no quarto posto da tabela, surge o RB Leipzig, vice-campeão germânico na última temporada que quer surpreender nesta visita ao Westfalenstadion. Nas imediações da “muralha amarela”, o Borussia Dortmund quer conquistar mais uma vitória para permanecer como a única equipa ainda invicta nessa edição do campeonato alemão.

AS Roma – Nápoles

É um dos três grandes jogos na oitava rodada do italiano. O imparável Nápoles de Maurizio Sarri vai até ao Olímpico para enfrentar a AS Roma de Di Francesco, pretendendo manter o percurso 100 por cento vitorioso. Atendendo à predisposição de uma e outra equipa à entrada para esta partida, tudo se configura para um belo espetáculo, com bons momentos de futebol ofensivo.

Atlético de Madrid – Barcelona

“Aquecido” por questões de ordem política, o Atlético de Madrid – Barcelona é o encontro de maior cartaz na oitava rodada da La Liga. Líder com um trajeto 100 por cento vitorioso, o Barcelona de Ernesto Valverde se desloca ao Wanda Metropolitano e quer manter os bons hábitos da temporada passada: e quatro jogos com o Atléti na época 2016/17, venceu dois, ambos no Vicente Calderón, antiga casa dos “Colchoneros”. Muda-se a casa, mas não a tendência?

Juventus – Lazio

A temporada começou com um “pico azedo” para a hexacampeã Juve e a culpa foi precisamente da Lazio, formação que venceu a “Vecchia Signora” na prorrogação e conquistou a Supercopa italiana. Nesta oitava rodada, os comandados de Massimiliano Allegri querem provar que “a vingança é um prato que se serve frio” e para isso tentarão somar mais uma vitória ao registo imaculado no Juventus Stadium na atual temporada, palco em que a equipa local ainda nem sequer sofreu golos.

Inter – AC Milan

Segundo “derby” de Milão desde que os dois velhos rivais são propriedade de grupos de investidores chineses. Do lado do AC Milan, o investimento centrou-se no reforço da equipa com vários milhões gastos, ao passo que o Inter optou por apostar na contratação de Luciano Spalletti e em algumas contratações cirúrgicas. Por enquanto, é o Inter quem melhor se tem dado, surgindo como uma das três equipas que ainda não perdeu na Série A. Na Madonninna tudo pode acontecer.

Boas apostas!