Depois de um ano irregular, onde chegou a sofrer com a chance de ser rebaixado para a Série B o Campeonato Brasileiro, o São Paulo vem se reforçando para a próxima temporada, tendo já anunciado a contração de um novo treinador, o ex-goleiro Rogério Ceni, e a chegada do goleiro Sidão e dos atacantes Wellington Nem e Neílton.

Meio-campista Cícero jogando pelo São Paulo.

Meio-campista Cícero jogando pelo São Paulo.

Continuando no mercado da bola, o clube paulista anunciou na última quinta-feira (29) a sua última contratação de 2016, o meio-campista Cícero, que voltar ao São Paulo depois de quatro anos e que nesse ano defendeu o Fluminense. O anúncio foi feito através do site oficial do São Paulo na tarde da última quinta-feira. “A Diretoria do São Paulo segue trabalhando intensamente para reforçar ainda mais o elenco do técnico Rogério Ceni. Após as chegadas do goleiro Sidão e dos atacantes Wellington Nem e Neilton, o clube chegou a um acordo com o meio-campista Cícero, que estava no Fluminense”. O Fluminense, que detém os direitos econômicos do meio-campista, aceitou o empréstimo sem custos do jogador de 32 anos, já que pretende enxugar seu elenco para o próximo ano, bancando ainda 30% do alto salário de Cícero, enquanto os outros 70% serão pagos pelo São Paulo. Com isso, o Fluminense pagará cerca de R$ 84 mil ao jogador e o São Paulo cerca de R$ 280 mil, totalizando assim um salário de R$ 364 mil recebidos por Cícero.

Passando pelo São Paulo entre 2011 e 2012, o meio-campista já é um velho conhecido do agora treinador Rogério Ceni, que pediu a contratação de Cícero e com quem jogou na sua época de goleiro. Entre suas qualidades está a sua versatilidade, podendo jogar como lateral-esquerdo, centroavante e até zagueiro, além da sua facilidade em marcar gols. De férias com a família nos Estados Unidos, Cícero não precisará nem voltar ao Brasil para ser apresentado, já que em janeiro de 2017 se juntará ao elenco são-paulino, que viajará para a Flórida, nos Estados Unidos, para disputarem a Florida Cup, na pré-temporada. Com isso, Cícero se apresentará na IMG Academy, na cidade de Bradenton, onde realizará exames médicos e assinará seu contrato de empréstimo por duas temporadas com o São Paulo.

Carreira do jogador

Cícero jogando pelo Fluminense.

Cícero jogando pelo Fluminense.

O meio-campista Cícero começou a sua carreira no Bahia, em 2004, onde permaneceu até o ano seguinte. Em 2006, foi contratado pelo Tombense, porém, foi emprestado no mesmo ano para o Figueirense, onde conquistou o Campeonato Catarinense daquele ano e marcou 25 gols em 54 partidas. No ano seguinte, Cícero foi novamente emprestado, dessa vez para o Fluminense, onde teve uma boa passagem, marcando vinte gols em 80 partidas e conquistando a Copa do Brasil de 2007, além de ter ajudado a equipe carioca a ter uma boa campanha do Campeonato Brasileiro de 2007, onde o Fluminense terminou na quarta colocação. O meio-campista também ajudou o clube a chegar na final da Copa Libertadores de 2008, onde o Fluminense foi derrotado pelo LDU de Quito, do Equador. Já entre 2008 e 2011, o meio-campista foi para o futebol alemão, sendo emprestado para o Hertha Berlin e depois para o Wolfsburg.

Em 2011, o jogador voltou ao Brasil, sendo emprestado ao São Paulo, onde conquistou a Copa Sul-Americana de 2012, marcando 16 gols em 92 partidas. Porém, com a chegada do treinador Ney Franco, Cícero acabou perdendo espaço e deixou de ser titular. Depois da sua passagem pelo São Paulo, continuou no futebol paulista, dessa vez jogando pelo Santos, onde teve uma boa passagem, sendo vice-artilheiro do Campeonato Paulista de 2013, atrás apenas de Neymar. Depois da saída do craque do elenco santista, Cícero conseguiu mais espaço, sendo o artilheiro do Santos no Campeonato Brasileiro, com 14 gols marcados, além de ter sido vice-campeão paulista no ano seguinte e eleito o craque do campeonato. Terminando sua passagem em maio de 2014, Cícero marcou ao todo 35 gols em 90 partidas pela equipe santista. No início de 2014, o jogador foi contratado pelo Fluminense, que o emprestou por alguns meses para o Al-Gharafa, onde Cícero marcou três gols em nove partidas. Voltando ao Fluminense em 2016, o meio-campista conquistou a Copa da Primeira Liga no primeiro semestre desse ano, totalizando 109 partidas disputadas e marcando 29 gols.

Boas Apostas!