Sem Neymar nem Vinícius Júniors, a seleção brasileira cumpre seus últimos dois desafios antes de ser anunciada a lista final para a Copa América 2019 que vai ser disputada em solo nacional. A sensivelmente três meses do início da competição, há duas estreias a destacar na convocação de Tite, muito por conta de ausências devido a lesão.

Foto: "EFE"

Foto: “EFE”

Privado de chamar o lesionado Vinícius Júnior, jovem que tem pegado destaque no Real Madrid, Tite optou por convocar um dos “carrascos” do (ainda) campeão europeu em título nessa edição da Liga dos Campeões. Falamos de David Neres, jogador revelado pelo São Paulo que atualmente defende o Ajax de Amesterdão e desempenhou um papel importante na vitória dos “Godenzonen” por quatro a um em pleno Santiago Bernabéu. Para além de Neres, há uma outra estreia a registar – Alex Telles, lateral esquerdo que também está entre as escolhas para os desafios com Panamá e República Checa, o primeiro deles em Portugal, no estádio do Dragão, casa do time que Telles representa, o Porto. O outro representante do time azul e branco na lista é Éder Militão, jovem de 21 anos que pode desempenhar funções de zagueiro ou lateral direito – Tite já admitiu preferir Militão no centro da defesa – que já assinou pelo Real Madrid a troco de 50 milhões de euros, viajando para a capital espanhola na próxima temporada.

Para lá das ausências de Neymar e Vinícius, confirmadas antes da divulgação da lista de relacionados, Dani Alves se machuchou já após a revelação e também obrigou Tite a encontrar uma alternativa para sua posição. Apesar de ter Militão para o lugar, o seleccionador optou por chamar Fágner, jogador do Corinthians que já sabe o que é vestir a camisa da “Canarinha”.

Para lá do número de representantes do futebol inglês (8), nota para a presença de alguns jovens na convocação. Para lá de Militão, Tite chamou Lucas Paquetá, jogador que vem ganhando seu espaço no AC Milan de Gattuso após deixar o Flamengo, Arthur, habitual escolha de Ernesto Valverde para o setor intermediário do Barcelona, Richarlison, artilheiro que mantém os números ao serviços do Everton após ter chegado em Liverpool proveniente do Watford e, por fim, Everton, gremista que é um dos três representantes de clubes brasileiros, para lá de Fágner (Corinthians) e Wéverton (Palmeiras).

O encontro com o Panamá está agendado para esse sábado às 14 horas (horário de Brasília) e será disputado no Dragão. Já o embate com a República Tcheca se jogará a 26 às 16h45 na Eden Arena, em Praga. Os dois desafios serão os últimos antes de Tite divulgar a lista definitiva de relacionados para a Copa América.

Boas apostas!